quarta-feira, 5 de novembro de 2014

As Vossas Perguntas...

Este espaço destina-se à apresentação das questões colocadas pelos alunos, e respectivas respostas.

Desenvolvimento

Ficamos mais “inchadas” com o período? Sim, este inchaço deve-se à retenção de líquidos. Esta retenção depende de factores hormonais e variam de pessoa para pessoa. Existem formas de minimizar este problema: beber muita água e ingerir frutos ricos em água (melancia, melão), ingerir alimentos diuréticos como a alface, agrião e morango para melhorar o funcionamento dos rins, aumentar o exercício físico. Deve evitar-se o consumo de sal, café, chá, refrigerantes e chocolate.

Porque é que as mulheres só têm o período ao fim de uma certa idade? O aparecimento do período é resultado de um amadurecimento do corpo. Apesar de terem ovários e óvulos desde o nascimento, as meninas passam por um processo de crescimento/desenvolvimento que culmina no aparecimento do período e o início da capacidade de gerar um bebé.

Porque é que os homens não têm ovários? O homem e a mulher complementam-se na função da reprodução. A mulher tem óvulos e o homem tem espermatozóides. Os ovários são o local onde estão depositados os óvulos. Um ovário tem lá dentro muitos óvulos, que já existem quando a rapariga nasce. O óvulo é libertado uma vez por mês e fica à espera que apareça um espermatozóide que o possa fecundar. Quando isto não acontece, ocorre a menstruação.


Contracepção
A protecção oferecida pelos preservativos é cem por cento completa? Relativamente à gravidez, a taxa de eficácia ronda os 97%.

Se existir um preservativo roto e a pessoa não der por isso o que pode acontecer? Normalmente é fácil verificar se o preservativo se rompeu. A utilização de um contraceptivo adicional (pílula) diminui a probabilidade de gravidez quando ocorrem problemas na utilização do preservativo. Quem não utiliza a pílula também pode recorrer à pílula do dia seguinte (tendo em sempre em conta que é um método ao evitar, pois tem riscos). Se o preservativo romper existe também o risco de infecções sexualmente transmissíveis. É importante que o casal conheça os principais sintomas destas doenças e que faça regularmente exames médicos.

A pílula pode prevenir contra as doenças sexuais? Não. O único método que pode prevenir contra infecções sexualmente transmissíveis é o preservativo.

Li numa revista que mesmo que haja algum descuido durante uma relação sexual, por exemplo porque o preservativo rompeu, pode-se tomar a pílula do dia seguinte. Será que só se pode tomar a pílula do dia seguinte se tomarmos a pílula normal anticoncepcional durante todo o mês? E a pílula do dia seguinte é saudável ou pode ter alguma má influência na saúde? Sim, se o preservativo romper podes tomar a pílula do dia seguinte, mas não deves esquecer que este medicamento tem muitos efeitos secundários. Quem toma pílula normal não precisa de tomar a pílula do dia seguinte, pois mesmo que o preservativo se rompa, a pílula normal protege sempre de uma gravidez.

Se o preservativo estiver “roto” a mulher fica grávida? Pode ficar, se estiver no período fértil e se não estiver a tomar a pílula.

O preservativo protege de 100% de engravidar e de doenças sexualmente transmissíveis? Não chega aos 100%, mas quase.

Gravidez

Qual é a probabilidade de uma mulher morrer durante o parto? Há grandes riscos? A gravidez e o parto são situações normais e naturais. Portugal é um dos países do mundo e da União Europeia com menor taxa de mortalidade materna: cinco mães em cada 100 mil nascimentos perdem a vida durante e por consequência do parto.

Quando uma mulher está grávida e faz amor com outro homem o que é que acontece? Fisicamente não acontece nada. Quando a mulher está grávida o bebé está a desenvolver-se no útero. As relações sexuais não influenciam a gravidez.

Quando é que é o período fértil da mulher? O período fértil ocorre mais ou menos a meio do ciclo menstrual. No entanto, é muito difícil determinar quais os dias em que a mulher está fértil, pois o ciclo menstrual nem sempre é regular (depende por ex. de factores emocionais: stress, ansiedade, etc.).

No coito interrompido a probabilidade de engravidar é maior ou menor? O coito interrompido não é um bom método contraceptivo. Consiste em retirar o pénis da vagina antes da ejaculação, com o objectivo de impedir que os espermatozóides sejam expulsos para a vagina. No entanto, antes da ejaculação há libertação de espermatozóides, o que pode levar à gravidez.

Durante que idades se pode engravidar? Desde a menarca (idade média de 12 anos) até à menopausa (idade média 52 anos).

Porque é que alguns gémeos são falsos e outros verdadeiros? Os gémeos falsos chamam-se Dizigóticos e os verdadeiros chamam-se Monozigóticos. Os gémeos falsos são provenientes de dois óvulos que foram libertados ao mesmo tempo do ovário, mas que têm um desenvolvimento separado. Os gémeos idênticos formaram-se a partir do mesmo óvulo e, por isso, são iguais. Este óvulo divide-se e forma dois embriões.

Aborto

Uma mulher que aborte pode engravidar outra vez? Tem algumas consequências para ela ou para o futuro bebé desejado? Quais? Um aborto implica sempre riscos (ex. infecções), mesmo que ocorra no início da gravidez e mesmo que seja realizado com todas as condições. A mulher que decide abortar deve ser sempre informada dos riscos físicos e psicológicos que um aborto implica.

Quais são as razões que levam uma mulher a desistir de ter um bebé, e ser responsável por ele para o resto da vida? Existem muitas razões que podem levar uma mulher a decidir não ter o bebé, nomeadamente o facto de ele ter malformações, a falta de condições económicas, a falta de condições mentais e psicológicas, etc.

Uma mulher com graves problemas de saúde pode abortar passadas 10 semanas de gravidez? (no caso dessa doença ser prejudicial ou mortal para essa mulher). O aborto é permitido em Portugal até às dez semanas de gestação a pedido da grávida. A Lei nº 16/2007 de 17 de Abril indica que é obrigatório um período mínimo de reflexão de três dias e tem de ser garantido à mulher "a disponibilidade de acompanhamento psicológico durante o período de reflexão" e "a disponibilidade de acompanhamento por técnico de serviço social, durante o período de reflexão" quer para estabecimentos públicos quer para clínicas particulares. A mulher tem de ser informada "das condições de efectuação, no caso concreto, da eventual interrupção voluntária da gravidez e suas consequências para a saúde da mulher" e das "condições de apoio que o Estado pode dar à prossecução da gravidez e à maternidade;". Também é obrigatório que seja providenciado "o encaminhamento para uma consulta de planeamento familiar." O período de permissão é estendido até às dezasseis semanas em caso de violação ou crime sexual (não sendo necessário que haja queixa policial), até às vinte e quatro semanas em caso de malformação do feto e ainda é permitido em qualquer momento em caso de risco para a grávida ("perigo de morte ou de grave e irreversível lesão para o corpo ou para a saúde física ou psíquica da mulher grávida") ou no caso de fetos inviáveis.

SIDA

Se um seropositivo tiver um filho, o filho tem que ser forçosamente seropositivo? Não necessariamente. Existe um risco elevado de transmissão vertical (mãe-bebé) e a transmissão pode ocorrer dentro do útero, durante o parto (especialmente se for parto normal) e durante a amamentação. No entanto, por um processo natural muitos bebés ficam seronegativos.

Quando é que um bebé é ou não seronegativo? Só se pode saber com certeza a partir dos 18 meses.

Se a SIDA mata então porque é que um jogador de Basquetebol continua vivo e tem SIDA? Ser seropositivo não é o mesmo que ter SIDA. Podemos viver vários anos sem um único sintoma e ser portadores do vírus. Com o passar dos anos, o portador do vírus passa a ter manifestações de SIDA, ou seja, sintomas que irão debilitar de tal forma o seu sistema imunitário (destrói todas as células que defendem o organismo) que o levarão à morte. Nos últimos 20 anos, a SIDA já matou mais de 20 milhões de pessoas em todo o mundo.

Que é que tem mais probabilidade de apanhar SIDA, o homem ou a mulher? Porquê? A mulher, quer pelos factores biológicos, quer por factores psicológicos e comportamentais (por exemplo, ter menos poder na relação).

O que é a carga vírica? É o teste que permite a determinação da quantidade de VIH que está a circular pelo organismo de uma pessoa infectada.

O Vírus HIV não se transmite através de beijos e abraços? Não.

Quais são as 4 fases do vírus VIH? A infecção com o VIH caracteriza-se por quatro fases diferentes.
1- Infecção aguda (até quatro semanas após o contágio): o seropositivo é afectado por diversos sintomas semelhantes aos de uma gripe.
2- Segue-se um período que pode durar dez a 15 anos (em alguns casos mais em outros menos). O vírus continua a multiplicar-se e o seropositivo não apresenta quaisquer sintomas. Nesta fase, apesar de o vírus continuar a matar as células defensoras, o organismo consegue repor quase a mesma quantidade de células que são destruídas diariamente.
3- O organismo já não consegue repor completamente a quantidade de células destruídas pelo vírus. Caracteriza-se por emagrecimento, suores nocturnos, diarreia prolongada e febre.
4- O seropositivo passa a ter SIDA (estado de imunodeficiência grave).
Quando uma mulher está no período fértil pode apanhar SIDA? Uma mulher pode ficar infectada sempre que tiver relações sexuais não protegidas com alguém que esteja infectado.
Infecções Sexualmente Transmissíveis

Quais os meios porque se pode apanhar IST? Através de relações sexuais não protegidas (vaginal, oral e anal).

4 comentários:

DanieLa disse...

http://ibn-sexualidade.blogspot.com/

Ak Sağlık disse...

Concordo com você ....
saglik

Op Dr Ali Mezdeği disse...

Site's character and a great color match .. memeestetigiI will recommend your site to the other platforms.Sacekimi

algevis disse...

Site's character and a great color match .. memeestetigiI will recommend your site to the other platforms.Sacekimi